Cinco focos do mosquito da Dengue colocam município na condição de infestado

Vigilância Ambiental e de Saúde receberá reforços de agentes para cobrir 100% dos domicílios

Agentes de campo receberão reforço para vistoriar os 40 mil domicílios da cidade

A Vigilância Ambiental e de Saúde de Sant’Ana do Livramento estará recebendo, nos próximos dias, um aporte de 14 agentes de campo, com a meta de cobrir 100% dos 40 mil imóveis existentes na cidade. A ação preventiva está sendo motivada pelo aparecimento de cinco focos do mosquito da Dengue, em localidades como Vila Argiles e Jardim Athenas.

Com isso, o município passa para a condição de Infectado, que é um dos três estágios mais preocupantes do combate à Dengue.

Conforme a coordenadora da Vigilância Ambiental e Saúde, Carmen Motta, a partir de agora estará sendo disponibilizado um agente para cada mil domicílios. “O foco do mosquito foi localizado através de armadilhas, em pontos estratégicos e naquelas condições em que as campanhas mais pedem conscientização da comunidade: dentro de caixa d’água sem tampa, pneu, enfim, falta muito para a educação neste sentido”, disse Carmen.

Carlos Prates, supervisor de Campo da vigilância, destacou que com o estado de Infestado o município inicia seus ciclos, que compreendem agosto (1º ciclo); setembro/outubro (2º ciclo) e novembro e dezembro (3º ciclo), totalizando 100% dos 40 mil domicílios atingidos, pelos 40 agentes. “Cada agente de campo tem capacidade de visitar 1 mil domicílios. No momento o grupo está composto de 22 agentes, mas com os 14 que virão, conseguiremos atingir a meta durante os três ciclos previstos”, completou.

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.