Felipão rechaça termo família, mas ambiente já é ‘trunfo’ da Seleção

Técnico diz que 2002 faz parte do passado, mas vibra com união do grupo que representa o Brasil

Técnico exalta união do grupo, mas afirma: “Não tem mais Família Scolari”

A Seleção Brasileira se apresentou no Rio de Janeiro, no último dia 28 de maio. Jogadores oriundos de diversos clubes e vindos de várias partes do mundo se encontraram para iniciar a preparação para a Copa das Confederações. Exatos 20 dias depois, o ambiente interno do grupo já é outro.

A constatação é de Luiz Felipe Scolari que, após a estreia com vitória diante do Japão, comemorou uma integração maior dos atletas. Na sua visão, fator que se tornou fundamental diante da falta de entrosamento dentro de campo, natural para um grupo recém formado.

“Nota-se que o ambiente que eles estão fazendo aqui é melhor do que aquele de 15 dias atrás”, confirmou Felipão, sem tanta precisão no período de convivência dos atletas.

O treinador, além de comemorar a melhora do ambiente, fez questão de fazer a ressalva quanto à volta da Família Scolari, como ficou conhecido o grupo que, em 2002, conquistou a Copa do Mundo pela quinta vez. Para o treinador, aquilo é passado…

“Já pedi mais de uma vez: o que aconteceu em 2002 passou, ganhamos, tudo bem, mas não tem mais Família Scolari”, afirmou Felipão,

O comandante pediu, mas alguns jogadores acreditam que há, sim, uma semelhança entre os dois elencos da Seleção Brasileira. David Luiz, um dos líderes do atual grupo, sentenciou que a Família Scolari está de volta. A declaração ocorreu após a goleada sobre o Japão.

“The Family is back!”, brincou o defensor, em inglês, antes de enaltecer a personalidade do treinador.

“Felipão não é o pai, é o vô. Brincadeira! (risos). É uma pessoa muito pura, muito direta. Que quando tem de falar bravo, fala. Quando é para passar a mão na cabeça, passa. Ele sabe o caminho, já foi campeão do mundo, sabe como ganhar um grupo. Ele nos dá muita estabilidade, é um prazer trabalhar com ele”, disse.

Se dentro de campo ainda há o que melhorar e entrosar, fora a amostra é que tudo já está 100%.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.