Polícia Federal aguarda reunião desta quarta-feira para decidir rumo grevista

Os policiais federais do Rio Grande do Sul decidiram manter o movimento grevista até esta quarta-feira, dia 15 de agosto, quando está agendada uma reunião entre a Federação Nacional dos Policiais Federais e o Ministério do Planejamento, em Brasília. A decisão foi tomada em Assembleia Geral realizada na semana passada, no saguão da Superintendência Regional da Polícia Federal, em Porto Alegre, onde os servidores têm permanecido concentrados. No interior, os grevistas permanecem em frente às 13 Delegacias de Polícia Federal.

Enquanto perdurar a paralisação, continuam suspensos os serviços de atendimento ao público, tais como oitivas, porte de arma, atendimento a estrangeiros, controle de empresas de vigilância, bancos e produtos químicos.

A categoria reivindica melhores condições de trabalho, mais efetivo e remuneração condizente com a complexidade e o risco de suas funções. Há 06 anos sem qualquer reajuste salarial e depois de negociarem por quase três anos com o ministério do Planejamento, os policiais aguardavam uma proposta oficial até 31 de julho.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.