Unipampa busca interação comunitária

“Chamem, que iremos de bom grado”, afirmou a reitora Ulrika Arns, em palestra a empresários santanenses, ontem

A reitora palestrou ontem na reunião-almoço mensal da Associação Comercial e Industrial de Livramento e apresentou um histórico da implantação e dos investimentos feitos nos dez campi universitários em toda a região

A reitora da Universidade Federal do Pampa-Unipampa, Ulrika Arns, palestrou ontem no projeto “Conta Quem Faz”, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Livramento-ACIL, e disse que a universidade vai ampliar ainda mais os projetos de integração com a sociedade em toda a região. “Precisamos interagir com o entorno, atuando no sentido de provocar e permitindo ser provocados para contribuir no desenvolvimento local e regional”, disse ela, garantindo que ações para incrementar a pesquisa e a extensão estão na pauta da instituição.

A Unipampa pode ajudar muito no desenvolvimento local, segundo a reitora

Ulrika Arns apresentou em detalhes um histórico da implantação dos dez campi da Unipampa nas região da fronteira oeste e campanha. Segundo ela, ainda há muitos desafios pela frente, em especial a baixa escolaridade no ensino fundamental e médio, problemas pontuais na convivência bi-nacional na Fronteira e também a dificuldade de integração com a sociedade, as atividades produtivas e de serviço.

Ao analisar as perspectivas, ela lembrou as transformações na realidade do povo brasileiro nos últimos anos. “O Brasil é um outro País. Caminha para ser a quinta economia mundial e hoje é reconhecido lá fora. O mundo está com um olhar favorável para nós e quer mandar seus jovens para cá”, considerou, afirmando que a sociedade tem que acompanhar essa evolução, o que vai se dar através da pesquisa, da extensão e da participação universitária.

Segundo a Reitora, a Unipampa já conta com um corpo docente com quase 600 professores para atender mais de 10 mil alunos e ainda tem muito a investir na região. Só para a manutenção do campus local, por exemplo, a instituição conta com um orçamento de R$ 16 milhões neste ano. Em quatro anos, foram R$ 470 milhões investidos em toda a região. “Com a estrutura que construiremos e com a capacidade do nosso corpo docente, tenho certeza de que poderemos colaborar muito para o desenvolvimento da região”, disse ela.

Presidente em exercício da ACIL, Antônio Righi, saudou a palestrante

Ao fim da palestra, a reitora foi homenageada pela Associação Comercial e Industrial de Livramento com uma placa em agradecimento pela palestra no projeto “Conta Quem Faz”. Ao saudar a palestrante, o presidente da entidade, Antônio Righi, destacou que o projeto “Conta Quem Faz” tem exatamente o objetivo de “valorizar e difundir os bons exemplos de empreendedorismo e de gestão nas mais diferentes áreas”. O empresário explicou que o projeto faz parte do planejamento estratégico da ACIL: “Dentro da meta de reconhecer e enfatizar o trabalho desenvolvido por empresas, empresários, profissionais liberais e cidadãos em geral de Livramento como contribuição para o desenvolvimento econômico, para a melhoria da infraestrutura social e, obviamente, da qualidade de vida da nossa comunidade”. Ele agradeceu a palestra da reitora Ulrika Arns pela “leitura real da área universitária e das perspectivas de futuros investimentos com os quais ainda seremos brindados por essa universidade que já é, sem dúvidas, um marco na linha do tempo do nosso desenvolvimento local e regional”.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.