Interiorização das atividades do TCE aconteceu no ginásio da Unipampa

Público expressivo, formado basicamente por estudantes, esteve no local para assistir à sessão

Mesa de autoridades presentes aos trabalhos

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) realizou na noite de ontem, 16 de maio, uma sessão plenária na Universidade Federal do Pampa – Unipampa. A iniciativa materializa o projeto de interiorização do TCE-RS, que leva as sessões às universidades, como forma de aproximar a Corte de Contas das comunidades. O evento teve início às 19h30, e contou com as presenças das principais autoridades do Tribunal de Contas gaúcho – Conselheiros, Auditores Substitutos de Conselheiro e Procurador do Ministério Público de Contas – sob a presidência do Conselheiro Cezar Miola, e faz parte das comemorações alusivas ao 77° aniversário da Corte de Contas.

Transparência

A última edição da interiorização, realizada na Universidade Regional Integrada de Santiago, reuniu mais de 500 pessoas, entre estudantes, autoridades e professores. De acordo com o presidente do TCE, Cezar Miola, o projeto de interiorização oferece ao público “a chance de conhecer as dinâmicas de julgamento e os temas objeto de atenção da Instituição. A participação da sociedade em eventos deste tipo fortalece a consciência cidadã e, por decorrência, as possibilidades do controle externo”, disse.

Opinião

Público lotou o ginásio para acompanhar as atividades

O Diretor da Escola Superior de Gestão do TCE-RS, Auditor Público Externo Sandro Trescastro Bergue, opina a respeito do processo de interiorização: “A administração pública não se limita ao âmbito dos órgãos de Es-tado; envolve necessariamente a sociedade. É assim com o controle da administração, que, além da articulação de diferentes organismos de Estado, como o Poder Legislativo e o Tribunal de Contas, reclama, também, a atuação intensa dos cidadãos – o controle social. Entre os requisitos do controle social, que se integram ao controle institucional, está o conhecimento do cidadão para agir”, explana. Entre os objetivos da realização de sessões de julgamento do Tribunal Pleno fora da sede do TCE estão: levar ao conhecimento da sociedade em geral – dos administradores locais e dos cidadãos – a dinâmica, a composição e a ritualística de uma sessão de julgamento das contas dos administradores municipais e demais processos de competência do Tribunal de Contas. Outro público desejado são os estudantes universitários das áreas de Gestão Pública, Direito, Administração, Ciências Contábeis e Economia, posto que as sessões são realizadas em Universidades e, assim, aproximam esses acadêmicos – alunos e professores – de um campo da administração pública do mais elevado interesse para a cidadania.

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.