Comandante-Geral da BM realiza visitação ao Curso de Patrulhamento de Fronteiras

Na oportunidade, o coronel Sérgio destacou o projeto do Centro de Ensino em Segurança de Áreas de Fronteira que será formalizado e apresentado aos governos Estadual e Federal

Na oportunidade, o coronel Sergio palestrou para a turma composta de praças da Brigada Militar, Exército Brasileiro, Polícia Nacional do Uruguai, Guarda Republicana do Uruguai e Polícia da Província de Missiones, Argentina

O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Sergio Roberto de Abreu, acompanhado do chefe do Estado Maior da corporação, coronel Valmor Araújo de Mello, e do comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva Fronteira Oeste (CRPO/FO), tenente-coronel Roberto Kraid Pereira, realizou na última sexta-feira (5), uma visitação ao Curso de Patrulhamento de Fronteiras, que ocorre no Centro de Ensino em Segurança de Áreas de Fronteira, na Fazenda Lolita, da Brigada Militar.

Na oportunidade, o coronel Sergio palestrou para a turma composta de praças da Brigada Militar, Exército Brasileiro, Polícia Nacional do Uruguai, Guarda Republicana do Uruguai e Polícia da Província de Missiones (Argentina) sobre a importância do intercâmbio na formação e especialização entre as polícias dos países fronteiriços, não para estabelecer uma simples segurança de fronteira, mas uma política de segurança de cooperação transfronteiriça.

Também aproveitou o momento para percorrer o território da fazenda para visualizar o projeto do CESAF (Centro de Ensino em Segurança de Áreas de Fronteira), que será formalizado e apresentado aos governos estadual e federal, e que já conta com a colaboração da Argentina e do Uruguai.

O Centro de Ensino contará com um aeródromo com hangar, um heliponto, dois prédios com alojamentos, quatro salas de aula, um centro hípico, um campo de treinamento para veículos 4 x 4, linha de tiro, pista de tiro para fuzil, pista para tiro tático aéreo e um campo de treinamento para operações especiais.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.