Escola N. Senhora do Livramento realiza abraço simbólico

570 alunos lutam para não deixar morrer o sonho de uma quadra poliesportiva 

Na manhã desta quarta-feira, cerca de 570 alunos, pais, professores e membros da comunidade se uniram num abraço simbólico em toda a volta do pátio da escola sob o comando da diretora Mari Rosangela Gonçalves Zorti. Um coro de “queremos nossa quadra” foi dito por todos os presentes que lutam contra o tempo à espera de uma construtora interessada em fazer a obra.

Após abraço, reunião entre Diretora Mari Gonçalves, vereador Danúbio e Nara Har. Contagem para o sonho continua.

Conforme declarou a diretora Mari, a luta começou há quatro anos e depois que a verba de R$ 250 mil foi disponibilizada em 2012, com a ajuda do deputado Afonso Ramos, a dificuldade tem sido encontrar uma construtora interessada na execução do serviço.

Já foram realizados dois processos licitatórios. O primeiro ato foi declarado deserto e o segundo frustrado, pois as duas empresas que se candidataram não atenderam aos requisitos estabelecidos pelo Edital, segundo informou Nara Har Rubim, funcionária responsável na Secretaria de Planejamento.

Depois da mobilização, a diretora Mari foi ao encontro do prefeito Glauber Lima, juntamente com o vereador Danúbio Barcelos, pedir apoio e celeridade para a promoção do terceiro Edital licitatório para a construção da quadra. A grande preocupação está no fato de que a verba disponibilizada pelo Ministério do Esporte seja devolvida, possibilidade real caso nenhuma ação efetiva com relação à construção da quadra não aconteça até o próximo dia 30 de junho.

Na internet, os alunos, pais e professores começaram uma campanha denominada #queremos nossa quadra. O intuito é fazer com que a comunidade e empresários de solidarizem com a causa e participem da realização desse sonho. Em entrevista, a diretora afirmou que não é possível fazer educação sem qualidade no esporte e atividade física. “Precisamos de um espaço adequado, dinheiro para pagar, já temos, falta quem nos ajude a erguer esse sonho”.

 

Queremos nossa quadra! Alunos gritam em coro com a diretora da Escola Nossa Senhora do Livramento. O sonho agora também é encontrar uma empresa interessada em executar a obra da quadra poliesportiva.

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.