Mais de 16 mil veículos passaram pela cidade durante a Operação

Não tendo vítimas fatais nas rodovias, a ação foi avaliada pela Polícia Rodoviária Federal como um sucesso

O aumento no fluxo de veículos foi visível nas rodovias que passam pela cidade

Findou nesta terça-feira, às 8h, a Operação Semana Santa, realizada pela Polícia Rodoviária Federal. A ação que havia sido iniciada no dia 14 de abril, registrou 16.500 veículos, entre entradas e saídas da cidade.

De acordo com o inspetor-chefe da 11ª Delegacia Regional da Polícia Rodoviária Federal, Valmir de Souza do Espírito Santo, a operação foi um sucesso. “Como não houve nenhuma morte na estrada, o nosso principal objetivo foi realizado.”, salientou.

Valmir de Souza do Espírito Santo, inspetor chefe da Polícia Rodoviária Federal

Em toda a região houve seis acidentes, um deles, conforme já noticiado pelo Jornal A Plateia, aconteceu na BR-293, a 3 km do trevo da Faxina, em Livramento. Neste caso, um Fiat Uno, placas IQU-7933, saiu da pista e veio a capotar no KM-297 desta rodovia. Cinco pessoas estavam no veículo, sendo que três delas sofreram ferimentos leves e rapidamente foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros, SAMU e PRF.

Limana, o policial chefe do posto da PRF em Livramento,destacou que outro foco importante da operação era o de fiscalizar e reduzir os casos de embriaguez ao volante. Durante a operação, 184 veículos foram multados em toda a região.Destes, 38 em Livramento, porém na cidade não houve nenhum caso de embriaguez ao volante.

A operação usou um grande efetivo com o objetivo de conter as irregularidades no trânsito. De acordo com o policial Limana, chefe do posto da PRF em Livramento, a antecipação do início dos trabalhos neste ano se deu pelo aumento do fluxo de veículos. “Diferente dos demais anos, iniciamos a Operação Semana Santa com dois dias de antecedência. O nosso objetivo foi aumentar ainda mais a fiscalização, intensificando a sensação de segurança por parte da sociedade e diminuindo o número de acidentes e principalmente de vítimas”, destacou.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.