Uma corrida para a história

Atleta  concretiza o projeto Terra Santa participando hoje da Meia Maratona de Jerusalém

Marcos Costa vai correr a meia maratona, realizando o sonho que iniciou em dezembro de 2013

Ele está longe de ser um atleta de elite, favorito na prova e com tempo capaz de brigar por título. Mas entre os milhares de atletas do mundo todo, que nas primeiras horas desta manhã (horário local em Jerusalém, madrugada no Brasil) poucos terão a satisfação do santanense Marcos Costa, no momento da largada da Maratona Internacional de Jerusalém.

Para o atleta fronteiriço, percorrer os 21 quilômetros da meia maratona da prova, é apenas a formalização de uma vitória já conquistada. Marcos já subiu ao pódio e recebeu os louros digno dos vencedores, pois para ele a prova não começou hoje e sim quando o atleta se permitiu sonhar. O sonho se tornou real e as distâncias de 10 mil quilômetros que separam Livramento da capital do Estado de Israel foram vencidos com um gesto muito simples, a solidariedade. Marcos foi abraçado pelos seus irmãos fronteiriços e de onde fechou a sua campanha de mobilização ocorrida na semana passada. “Vou correr por cada um daqueles que me ajudou a correr aqui e certamente vou fazer valer a pena esse apoio recebido”, disse o atleta ontem antes de receber o kit oficial da prova. Com a camiseta verde e amarela do Brasil sob o número de 6505 o atleta não é o mais rápido da legião de brasileiros que está em Jerusalém, mas certamente é o mais feliz.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.