Limpeza pública ganha apoio de apenados, a partir desta segunda

Ao total, 20 apenados começam, na manhã de hoje, a partir da frente da Prefeitura, o trabalho de limpeza na área central da cidade, conforme convênio

Equipe do setor de limpeza pública da Prefeitura ganhará reforço de 20 homens, a partir de hoje

Inicia às 8h desta segunda-feira o trabalho de limpeza da cidade, com a participação de 20 apenados, através de convênio da Prefeitura Municipal com a Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE). A responsabilidade de coordenar os trabalhos ficará com a secretária de Serviços Urbanos, Ana Aseff, que assim terá mais um grupo importante de trabalhadores para intensificar a manutenção e melhorias do centro da cidade, principalmente.

O vice-prefeito Edu Oliveira, representando o Poder Executivo Municipal, vai estar presente no início dos trabalhos. O convênio se firma com base em exemplos de sucesso praticados em outras localidades no Rio Grande do Sul. A proposta para a celebração de ação conjunta entre o Município e a SUSEPE prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas à infraestrutura urbana, como recuperação de vias, limpeza, ajardinamento, reformas prediais, pintura e manutenção do patrimônio público municipal. “Dessa forma, o Município está colaborando direta e efetivamente para a reinserção social dos apenados, com o intuito de reduzir os índices de reincidência criminal. Quando oferecermos oportunidades e condições de dignidade à população, desenvolvemos qualidade de vida, vagas de trabalho e progresso para toda a comunidade”, avalia o prefeito municipal, Glauber Lima.

A Prefeitura de Livramento oferece vagas de trabalho aos apenados, com pagamento de um valor mensal para jornada de trabalhos semanais. De acordo com a Constituição do Rio Grande do Sul, a política penitenciária do Estado deve ter como objetivo a reeducação, a reintegração social e a ressocialização do preso, definindo como prioridades a regionalização e a municipalização dos estabelecimentos penitenciários, a manutenção de colônias penais agrícolas e industriais, a escolarização e profissionalização dos presos.

O convênio conta, ainda, com o apoio do Conselho da Comunidade, que no fim do ano passado repassou ao Município a importância de R$ 2.865,20 destinada à compra de ferramentas para o trabalho de limpeza e de equipamentos de proteção individuais a serem utilizados pelos 20 apenados que inicialmente farão parte do convênio entre a Prefeitura e a Susepe, iniciado hoje.

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.