Mais 53 alunos concluem o projeto Bombeiro Mirim em Livramento

Tenente Coronel Pedro Ricardo Maron Burgel fala sobre o projeto que vem dando certo. Foto: Marcelo Pinto/AP

Desde o ano 2007, quando iniciou o projeto, já foram formados 334 Bombeiros Mirins

O 10º CRB-Comando Regional de Bombeiros promove, neste sábado, 7, a formatura de 53 alunos da rede estadual e municipal de ensino de Livramento, dentro do projeto Bombeiro Mirim. A formatura da edição de 2013 ocorre às 10h30, no Centro de Eventos Anglicano, localizado na Avenida João Goulart.

Conforme o comandante do 10º CRB, tenente-coronel Pedro Ricardo Maron Burgel, os bombeiros Mirins de Sant’Ana do Livramento tiveram sua aula inaugural no dia 17 de abril deste ano. “O projeto visa trazer para dentro do quartel do Corpo de Bombeiros crianças em condições de vulnerabilidade social, na faixa etária de 10 a 12 anos, e que estejam frequentando a escola. As crianças participam de dois encontros semanais, em duas turmas, na sede do 10º CRB, sendo uma pela parte da manhã, da qual, este ano, participaram 24 alunos, e pela parte da tarde, mais 29 alunos”, destacou o comandante.

O projeto Bombeiro Mirim, que iniciou como piloto na cidade, tem por finalidade orientar as crianças sobre como agir em caso de incêndios e acidentes envolvendo pessoas; transformar as crianças em agentes multiplicadores, divulgadores da consciência de prevenção e preservação; trabalhar também com os temas de trânsito, meio ambiente, informática, higiene, primeiros socorros, prevenção ao uso de drogas, direitos humanos e salvamento, desenvolvendo, assim, o sentimento de cidadania, civismo e autoestima.

Atualmente, o projeto tem o apoio de várias empresas da cidade, bem como órgãos públicos, para que o sucesso seja de todos.

“Quero seguir a carreira de Bombeiro”, diz Jonatan Gonçalves de Oliveira, um dos primeiros alunos do projeto na cidade

Militar fala com orgulho sobre sua experiência no projeto
Jonatan Gonçalves de Oliveira foi integrante da 1ª Edição do Bombeiro Mirim

Os primeiros jovens a participarem do projeto, em 2007, não esquecem dos ensinamentos de um ano de muito aprendizado. Conforme o depoimento de Jonatan Gonçalves de Oliveira, de 19 anos, a participação na primeira edição foi marcante. Atualmente prestando serviço militar no 7º RCMec, Jonatan, que reside no bairro Planalto, disse que pretende seguir a carreira de Bombeiro, e isso graças aos ensinamentos vivenciados naquela oportunidade. “Lembro que os Bombeiros chegaram até a Escola e solicitaram voluntários para escrever uma redação e concorrer a duas vagas disponíveis por escola. Foi então que consegui ser um dos escolhidos. Sempre admirei a profissão de Bombeiro, e depois que minha casa pegou fogo, quando morávamos no Wilson, fiquei ainda mais decidido a conhecer a profissão. Na época, a ideia veio bem, pois estudava à tarde e pela manhã tinha o projeto. O Bombeiro Mirim mudou muito meu comportamento: apreendi a ter mais responsabilidade, disciplina e companheirismo, e isso está me ajudando, inclusive, na vida militar, atualmente. Em uma oportunidade, acabei presenciando um senhor que passou mal e estava enfartando. Graças ao treinamento obtido nos Bombeiros, consegui prestar os primeiros socorros até a chamada do Resgate”, contou um dos primeiros alunos do projeto. 

Histórico

No ano de 2006, reuniu-se uma comissão supervisionada pelo então major Burgel e composta pelo capitão Sandro, soldado Ademir; professora Marta, da Secretaria Municipal de Educação; professora Magda, da 19ª CRE; com o objetivo criar, em Livramento, o referido projeto. Desta forma, em janeiro do ano seguinte, começaram os trabalhos. No mês de fevereiro, a comissão reuniu-se novamente para providenciar a escolha dos alunos indicados pelas escolas municipais e estaduais, buscando trazer para o projeto crianças em vulnerabilidade social e que realmente necessitassem de ajuda, como apoio em autoestima e inclusão social.

Com 60 crianças, o projeto começou no 10° CRB, com 225 inscritos. Outros servidores também participaram do projeto, que se desenvolve há sete anos na cidade. Durante o ano letivo, ocorrem aulas de primeiros socorros, prevenção de incêndio, salvamento em altura, trânsito, meio ambiente, informática, inclusão social, participação em desfiles e outras atividades. Ao longo do ano, também é realizado um encontro regional de Bombeiros Mirins da área de ação do 10º CRB.

Atualmente, o projeto acontece em todas as cidades que têm Corpo de Bombeiro da Região. Coordenadores que passaram pelo projeto: Tenente Jatair, soldado Renato, oficial Teixeira, além de professores e voluntário. Atualmente, o Bombeiro Mirim é coordenado pelo sargento Ademir e soldado Emerson, e possui a comissão composta pelo tenente-coronel Burgel, sargento, professora Aline da Secretaria Municipal de Educação e Rui Rodrigues, diretor do CONSEPRO em Livramento.

Robert dos Santos, coordenador da AES Sul em Livramento

Apoiador apostando no futuro dos alunos

O Bombeiro Mirim possui, atualmente, 33 padrinhos, que colaboram efetivamente com as ações e tornam o projeto viável. Segundo o tenente-coronel Burgel, estas pessoas e empresas são as responsáveis por manter as crianças anualmente junto ao Corpo de Bombeiros.

Compartilhando desta ideia, desde que AES Sul iniciou o apoio ao projeto, está Robert dos Santos, coordenador da empresa em Livramento. Ansioso para que o apoio seja renovado para 2014, ele falou da importância da iniciativa do Corpo de Bombeiros. “Acompanhamos há vários anos o projeto, e este ano conseguimos colocá-lo no rol de projetos que a AES Sul patrocina, através do Comdica, felizmente, dentro do nosso trabalho de responsabilidade social. O projeto provalvente formará grandes cidadãos. Agora, estamos torcendo para que o nosso comitê aprove, novamente, o projeto, para seguirmos apoiando estas crianças dentro da iniciatia do Corpo de Bombeiros”, destacou.

 

 

 

 

 

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.