Prorrogado o PPI até 21 de dezembro

O prefeito Glauber Lima confirmou ontem, durante entrevista à RCC FM, pela manhã, a dilatação do prazo para que os santanenses possam pagar os tributos que devem. Deixou claro que a decisão de dilatar o prazo tem como finalidade facilitar a adesão do contribuinte ao PPI (Programa de Pagamento Incentivado).

“Já autorizamos e a Secretaria da Fazenda ampliou a data limite para quem quer ficar em dia com a Prefeitura” – disse Glauber Lima.

O dia 21 de dezembro será o último para que o contribuinte regularize sua situação frente ao município. “Estamos adequando a data limite para pagamento dos impostos em atraso à realidade da população, que na sua maioria recebe o 13º salário no mês dezembro. Só peço que as pessoas não deixem para vir à Secretaria no último dia” – disse o secretário Paulo Lago. O PPI (Programa de Pagamento Incentivado) foi criado em vista de que o município possui uma dívida ativa relativa a IPTU e ISS estimada em R$ 45.000.000,00. O programa pretende arrecadar um percentual de 8% a 10%, concedendo desconto sobre juros e multas de até 100%, no caso de pagamento à vista.

De acordo com o Prefeito, o PPI – Oportunidade Legal, traz alternativas à Administração, que terá condições de gerar novos investimentos que retornarão em benefícios na saúde, educação e segurança dos contribuintes e população geral, além de conceder um incentivo ao contribuinte para regularizar sua situação junto ao Município.

O PPI dará oportunidade para que o contribuinte quite seus débitos com a Prefeitura com redução de multas e juros, vencidos até 2012, conforme abaixo discriminado:

À vista: 100% de redução

Até 3 parcelas: 95% de redução

Até 6 parcelas: 90 % de redução

Até 9 parcelas: 85% de redução

Até 12 parcelas: 70% de redução

Até 24 parcelas: 60% de redução

Até 36 parcelas: 50% de redução

“Estamos fazendo a nossa parte e os contribuintes precisam nos ajudar” – disse Glauber Lima.

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.