Renato garante que ainda não renovou por vontade própria

Tendência é que continuidade do treinador no comando do Tricolor dependa da classificação do time para a Libertadores do próximo ano. Conversas seguem acontecendo

Segundo Renato, a sua permanência no Grêmio ainda não foi sacramentada

Renato Gaúcho renovará ou não renovará para comandar o Grêmio em 2014? Essa resposta ainda não pode ser respondida, já que as conversas para a ampliação do vínculo do treinador continuam. E segundo o próprio técnico, a sua continuidade no Tricolor ainda não foi sacramentada por vontade própria. Garantir a classificação do time para a Libertadores do próximo ano é, no momento, a sua prioridade.

“Meu contrato ainda não está assinado porque eu não quis. E sobre isso eu não falo mais. É o presidente do clube (Fábio Koff) que tem de ser ouvido. Meu trabalho é colocar o time na Libertadores. Esse é o meu objetivo no Grêmio”, disse Renato.
A tendência é que o futuro de Renato seja decidido após a tão esperada classificação do Grêmio para a Libertadores. Segundo Rui Costa, diretor executivo de futebol tricolor, a “questão” será encerrada no momento que Koff julgar como ideal.
“Há uma negociação que está sendo feita. O presidente já chamou o Renato para conversar durante a semana, e vai dar o fechamento nessa questão quando achar cabível”, disse o dirigente, também em coletiva.

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.