Torcida do Inter cobra grupo e presidente, e D’Ale diz: ‘Ninguém vai cair’

A chegada do Internacional a Porto Alegre foi conturbada, como o momento do time em campo. O desembarque no Aeroporto Internacional Salgado Filho teve tentativa de drible em torcida e imprensa, protestos por parte da torcida principalmente contra o presidente Giovanni Luigi, e uma promessa de D’Alessandro a um dos colorados presentes: que o time gaúcho não vai cair para a segunda divisão.

Com a derrota para o Atlético-PR, o Inter passou a ficar apenas seis pontos acima do primeiro time na zona de rebaixamento, o Vasco, e do primeiro fora, o Fluminense. Um dos torcedores presentes no desembarque cobrou:

“Fora Luigi! Vamos Clemer, estamos contigo. Tem que jogar bola, isso é o Inter. Não pode cair. Tem que jogar”, gritava o torcedor, batendo no braço, pedindo garra.

Notícias Relacionadas

Os comentários são moderados. Para serem aceitos o cadastro do usuário deve estar completo. Não serão publicados textos ofensivos. A empresa jornalística não se responsabiliza pelas manifestações dos internautas.

Deixe uma resposta

Você deve estar Logando para postar um comentário.